Assembléia Geral dos Estudantes da UFF

Padrão

      Ontem, dia 19/09, teve Samba de História no ICHF e pudemos notar que a situação dos estudantes da UFF é bastante delicada nessa “volta as aulas”. Estamos cercados por vias da prefeitura de Jorge Roberto, catracas no bandeijão e PM na cantareira e no campus, para piorar o Theo, diretor do Institido de Ciências Hus e Filososfia, mandou cortar a energia nos blocos e proibir o estudante de usar o espaço público para festas e eventos culturais. O diretor colou um documento nas pilastras do bloco N dizendo que a proibição de festas no campus foi turado no fórum de diretores do ICHF – que é um espaço que não conta com a presença de discentes.
     Outro ponto de ataque e que temos que pensar em uma alternativa é o processo de privatização que universidade vem sofrendo cotidianamente e cada vez de maneira mais intensa , principalmente via FEC, a Fundação de direito privado que comanda a quadrilha do Salles e dos departamentos reacionários dessa universidade.
     Enfim,  vamos debater COLETIVAMENTE E FRATERNALMENTE os rumos da UFF?
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s