História de Samba – (atividade cultural de GREVE)

Padrão

Vem no ritmo da greve porque a educação não pode dançar

 Local Chalé da Arquitetura, Campus da Praia Vermelha- UFF às 20:00 h

Em conformidade com a mobilização nacional das Universidades Públicas, a Greve dos Professores foi deflagrada também na UFF e se iniciou dia 22/05. As pautas se relacionam com demandas mais específicas dos docentes (como a valorização do piso e a incorporação das gratificações), mas também com questões que afetam toda estrutura universitária (melhoria das condições de trabalho nas IFES).

Nesse momento em que a expansão da Universidade ganha espaço, é de extrema relevância a compreensão crítica de qual expansão queremos e qual está sendo feita. Essa mobilização de caráter nacional está tomando forma num contexto de desvalorização da educação pública, através de uma expansão que se dá em termos quantitativos em detrimento tanto da qualidade do ensino quanto da valorização profissional dos trabalhadores da educação.

Tendo isso em vista, o coletivo História de Samba declara seu apoio à Greve dos Professores e à Greve dos Alunos, com a perspectiva de colaborar na construção de um quadro de mobilização, contribuindo para que a greve seja um momento de reflexão e luta, resultando em efetivas mudanças no caminho da democratização da educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s