#Ocupa Niterói rebatiza simbolicamente a rua Moreira César em Niterói

Padrão

Atendendo ao chamado de ocupação global (#12M), o Ocupa Niterói fez a sua parte. Ocupar as cidades não é apenas acampar. A barraca é um dos símbolos de nossa permanência no espaço público, de nosso direito de ficar e tomar esse espaço que é nosso, e, diferente do chamado “poder público” institucionalizado, que tem sistematicamente privatizado esses espaços para grandes empreiteiras, o nosso “poder público” é o poder do público, o poder dos cidadão que, saindo de seus espaços privados e libertando-se de seus medos (medos construídos por essas instituições que pretendem cada vez mais isolar-nos uns dos outros), se reúnem nos espaços públicos para debater assuntos que lhes são comuns: como viver em sociedade, o que está acontecendo com o mundo, com o país, com a cidade, com a rua. Por que ninguém parece se importar?

Assim como milhões de pessoas no mundo que se reuniram neste 12 de Maio, nós do Ocupa Niterói nos importamos sim e ocupamos nossas mentes e ações com estas questões constantemente. Neste sábado, começamos intervindo numa das ruas-símbolo do espírito capitalista de nossa cidade: a Rua Coronel Moreira César. Muitos passam diariamente por esta rua com o prazer anestesiante proporcionado pelo consumo e sequer percebem a violência visível em cada esquina. Você sabe quem foi Moreira César? Foi esta pergunta e este resgate de memória o mote da nossa primeira intervenção no #12M. Penduramos placas gigantes para que todos os transeuntes pudessem ver, já que a placa original se tornou invisibilizada socialmente. Junto da explicação, um manifesto: rebatizamos simbolicamente esta rua com o nome de Antônio Conselheiro, este que simboliza o poder dos cidadãos comuns que, juntos, podem promover uma verdadeira revolução. O Coronel Moreira César, inclusive, foi derrotado por esta ideia: morreu tentando derrotar Canudos. Canudos não foi derrotada: está viva dentro de nós.

Dando continuidade ao dia, acampamos na Praia de Icaraí, local de nossa primeira ocupação em dezembro de 2011, para ali compartilharmos nossas ideias, produzirmos juntos, promovermos trocas diversas. Posicionamo-nos estrategicamente no final da praia para receber nossos companheiros que marchavam pela legalização da maconha, causa que consideramos de grande importância para o debate público, o que fizemos logo após a marcha. Em círculo, abertos à participação de todos, debatemos esse tema e outros correlatos – como a liberdade individual, por exemplo – durante horas, promovendo um verdadeiro espaço de cidadania e educação de onde saímos fortalecidos e com novos conhecimentos e muitas ideias na cabeça. Nossas ações continuarão, assim como as de centenas de milhares de outros cidadãos que, como nós, se auto-organizam para a construção desse mundo novo que já se torna realidade.

Liberte-se de seus medos e junte-se a nós. Juntos somos fortes!

Ocupaniterói.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s